Mitos e verdades sobe o câncer de mama



O câncer de mama é uma doença que acomete as mulheres e tem como um dos fatores de risco o excesso de peso, histórico familiar e idade avançada. Apesar de ser uma doença bastante conhecida, existem muitos mitos que cercam a doença e desinformação sobre o diagnóstico e tratamento. Entender o que é mito e verdade é um passo importante para saber como combater o câncer de mama.


Confira alguns mitos e verdades sobre o câncer de mama:


1. Quem faz o autoexame não tem necessidade de fazer o exame de mamografia Mito. Muitas vezes apenas com o toque na mama não é possível identificar algum nódulo na mama. É importante fazer o exame de mamografia no laboratório pelo menos a cada dois anos. Mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos devem fazer o exame.

2. O uso de desodorante ou outros produtos podem provocar o câncer de mama. Mito. É importante ressalvar que o câncer de mama é causado por uma mutação do DNA celular adquirido por fatores ambientais ou genético e não tem relação com o uso de desodorante.

3. Atividade física e uma alimentação saudável previnem o câncer de mama Verdade. Adotar um estilo de vida saudável previne doenças crônicas e agudas. Lembre-se que a obesidade e o sedentarismo podem contribuir para o desenvolvimento de câncer de mama.

4.Nem todo nódulo na mama é câncer Verdade. Boa parte dos nódulos que surgem nas mamas é de origem benigna e não apresenta risco de alterar para câncer de mama. A dor no seio também não é um indicativo de câncer. Entretanto, ao notar um nódulo na mama ou sentir dores nos seios com frequência, consulte um ginecologista para o diagnóstico.

5. Usar anticoncepcionais desde a infância pode provocar o câncer Mito. Os anticoncepcionais apresentam uma dose pequena de hormônios em sua composição e são medicamentos seguros e recomendados por ginecologistas.


Está com mais dúvidas? Não deixe de procurar um ginecologista para marcar uma consulta e esclarecer todas as suas dúvidas sobre o câncer de mama, principalmente se você tem na sua família algum diagnóstico do câncer. Prevenir ainda é a melhor forma de combater o câncer de mama.