Doenças Crônicas Não Transmissíveis agravam os sintomas do coronavírus?



Quem tem doenças crônicas não transmissíveis possui um agravante a mais em relação ao coronavírus.


Estudo publicado recentemente pelo British Medical Journal (BMJ), avaliou que 48% dos pacientes que vieram a óbito tinham o diagnóstico de hipertensão.


Segundo os dados desse estudo, a hipertensão arterial é uma das comorbidades mais associadas às complicações fatais da Covid-19.

A segunda pesquisa é da Universidade de São Paulo publicada em março de 2020 aborda porque as mortalidades pelo novo coronavírus são maiores entre portadores de doenças crônicas.


O autocuidado pode salvar a sua vida Já sabemos que a hipertensão pode agravar os sintomas da COVID-19 levando a óbito. Pessoas com doenças crônicas precisam criar a consciência de que fazem parte do grupo de risco e os cuidados precisam ser redobrados.

  • Faça sempre o uso da máscara;

  • Mantenha a distância ao frequentar lugares públicos;

  • Higienize as mãos com frequência;

  • Evite aglomerações;

  • Mantenha uma alimentação saudável;

  • Pratique exercícios físicos, faça caminhadas diárias de 20 a 30 minutos. Consulte seu médico.

Incluir esses cuidados na sua rotina podem evitar o contágio da COVID-19.

Use a tecnologia a seu favor A telemedicina conhecida como consulta online por meio de site ou aplicativos também pode ser uma aliada à sua saúde. Consultar-se com um médico para esclarecer dúvidas sobre a sua doença e o coronavírus se tornou indispensável quando o assunto é cuidar da sua saúde. Não hesite em procurar o seu médico ou marcar uma teleconsulta ao notar qualquer sintoma.