Novembro Azul: esclareça as principais dúvidas sobre câncer de próstata



O mês de novembro é marcado pelo “Novembro Azul”, movimento dedicado à saúde do homem e, principalmente, à prevenção do câncer de próstata. De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), estimam-se 65.840 casos novos de câncer de próstata para cada cada ano, o que representa casos novos a cada 100 mil homens.


Os cuidados a saúde do homem como se consultar com um urologista pode prevenir o câncer.


Entenda o que é o câncer de próstata e como prevenir


O que é a próstata?

É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, e se assemelha a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.


Sintomas

O câncer de próstata é uma doença silenciosa e pode ser confundida com outras doenças. Entretanto, alguns sintomas podem disparar um alerta para procurar um médico. Necessidade frequente para uirnar, dificuldade para interromper a miccção, dor ou ardor na urina, dificuldade de ter uma ereção, sangue na urina ou no sêmen, rigidez na parte inferir das costas, quadros ou coxas. Se notar algum desses sintomas, procure um médico.


Os fatores de risco não devem ser ignorados:

• Idade (cerca de 62% dos casos são de homens a partir dos 65 anos);

• Histórico familiar;

• Alimentação inadequada, à base de gordura animal e deficiente em frutas, verduras, legumes e grãos;

• Sedentarismo;

• Obesidade.


Estimativa de novos casos

O INCA desenvolve pesquisas para informar quais são as estimativas de novos casos de câncer. A incidência, a morbidade hospitalar e a mortalidade são medidas de controle para a vigilância epidemiológica que permitem analisar a evolução das doenças.


Prevenção

A detecção precoce é feita por um simples exame de toque e dosagem de Antígeno Prostático Específico (PSA) no sangue.

Segundo o urologista, Dr.Ricardo Vita, os exames auxiliam no diagnóstico de alguma doença ou câncer. “Todos os homens a partir dos 50 anos devem fazer exames de rastreamento uma vez por ano. Quem apresenta os fatores de risco deve se consultar com urologista a partir dos 45 anos”, explica.


Confira o vídeo com o Dr.Ricardo sobre o câncer de próstata.